Fall In Love With More Free Templates! Click Here To Get Your Own Smitten Blog Design... »

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Pergunte ao dentista com Dr. Fernando Braz: Doenças transmitidas pelo beijo.






Olá seguidores e seguidoras do blog Para Meninas & Mulheres, como estamos na semana do carnaval, decidi expor para vocês um tema que está bem relacionado com a festividade: O Beijo na boca.

            O Carnaval é marcado por várias comemorações, lugares cheios, várias pessoas reunidas para festejar e pular a folia. E é justamente nesse clima que muitas paqueras acontecem e consequentemente os beijos também.

            Por mobilizar cerca de 30 músculos da face, um beijo caloroso pode consumir de três a cinco calorias e fazer o coração bater mais rápido, podendo chegar a 150 batimentos por minuto; ativa a circulação sanguínea, aumenta a oxigenação nas células, estimula a produção de hormônios como ocitocina (produzida no hipotálamo e armazenada na glândula hipófise, também responsável pela sensação de confiança, calma e bem-estar) e serotonina (secretado por certas células do tubo digestivo e no tecido cerebral).

            Entretanto, além do carinho, do afeto e das emoções compartilhadas durante o beijo na boca, as pessoas trocam saliva, sais minerais e milhares de micro-organismos, muitos deles causadores de doenças.

Embora todos nós concordemos que beijar é bom e tem seus benefícios (inclusive para a saúde), atualmente nossa sociedade incorporou o hábito de "ficar", no qual não se cria um vínculo afetivo com a pessoa a qual está se relacionando, podendo-se beijar várias pessoas, geralmente desconhecidas, em uma mesma balada. 

            Concluindo, o hábito do beijo na boca, visto por muitos como algo inofensivo, trás o perigo da transmissão de várias doenças, inclusive as sexualmente transmissíveis. Então, os beijoqueiros devem ter cautela durante o ano todo, mas principalmente no Carnaval, onde muitos intensificam o ato de beijar.

Sendo assim, trago a vocês uma “pequena” lista de algumas doenças que podem ser transmitidas pelo beijo.

Doenças transmitidas pelo beijo

  •  Cárie dental – doença infectocontagiosa causada por bactérias que provoca a desmineralização do esmalte do dente, ocasionando destruição localizada, progressiva e irreversível. 
  • Gengivite – inflamação da gengiva, causada por bactérias (placas), que pode se agravar e atingir o osso alveolar, o qual envolve e mantém firmes os dentes. 
  • Faringite – inflamação da faringe, região situada entre as amígdalas e laringe (onde se forma a voz), pode ser causada por vírus e bactérias. 
  •  Laringite – inflamação aguda ou crônica da laringe (onde estão as cordas vocais), causada por vírus e também bactérias. 
  •  Amigdalite – inflamação das amígdalas, geralmente provocada por uma infecção bacteriana ou, com menos frequência, por uma infecção viral. 
  •  Herpes labial – afecção cutânea aguda causada pelo Herpes simples vírus e caracterizada pelo surgimento de pequenas bolhas com liquido amarelado, além de causar coceiras, ardor, formigamento, que desaparecem em mais ou menos uma semana.
  •  Mononucleose – é uma doença de progressão benigna e muito comum; 79% dos casos são causados pelo vírus Epstein-Barr, e 21%, pelo Cytomegalovirus, ambos transmitidos pelo beijo, saliva e troca de outras secreções. Caracteriza-se por febre, aumento do número de monócitos (globulos brancos) no sangue, angina (sensação de angústia, opressão torácica, devido a um fornecimento insuficiente de oxigênio ao coração), aumento do volume do baço, erupções cutâneas, etc. 
  • Hepatite A e B – infecção inflamatória do fígado. A vacinação pode preveni-la. 
  •  HPV – vírus do papiloma humano, infecta a pele ou mucosas, possui mais de 200 variações diferentes, cuja maioria dos subtipos encontra-se associada a lesões benignas (verrugas); no entanto alguns tipos são encontrados em certas neoplasias (cancro do colo do útero). Sua principal forma de transmissão é por via sexual. Considerada uma das mais frequentes das doenças sexualmente transmissíveis. 
  •  Meningite – inflamação das meninges (conjunto das três membranas que envolvem o eixo cerebroespinhal). Pode ser cerebral, espinhal ou cerebroespinhal, de origem bacteriana, tóxica, parasitária ou secundária a diversas doenças. 
  • Gripe – doença infecciosa muito contagiosa, quase sempre epidêmica, devido a vários vírus do grupo Myxovirus influenzae. 
  •  Tuberculose – doença infecciosa e contagiosa causada pelo Mycobacterium tuberculosis (bacilo de Koch). 
Até breve!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo (a) ao Para Meninas & Mulheres!

Deixe seu recadinho e ficarei muito feliz em responde-lo!

Obrigada pela visita! Beijos!