Fall In Love With More Free Templates! Click Here To Get Your Own Smitten Blog Design... »

domingo, 29 de abril de 2012

Pergunte ao dentista com Dr. Fernando Braz: Mau hálito.





Olá seguidores do blog Para Meninas & Mulheres, hoje trago para vocês um tema que assombra a todos, o Mau hálito. Embora se saiba que várias são as causas do mau hálito, a sua grande maioria tem origem na boca, pois a mesma trata-se de um ecossistema caracterizado por uma vasta biodiversidade de bactérias com diferentes necessidades nutricionais. 

O mau hálito, ou halitose, ocorre quando as bactérias residentes na cavidade bucal metabolizam proteínas, liberando substancias que possuem mau cheiro como o gás sulfídrico, que possui um odor semelhante ao de ovo podre e o escatol, que é uma substância encontrada nas fezes e responsável pelo seu odor.

 A halitose dificilmente é percebida por quem é portador do distúrbio, no entanto o principal problema se deve ao fato de, em diversas situações, provocar repulsa nas pessoas que se relacionam com o portador do mau hálito.






Causas:

1) Má conservação dos dentes, inflamação das gengivas, pedaços de alimentos retidos entre os dentes, abscessos;
2) Menor produção de saliva (por isso, o odor matinal é sempre mais forte do que os que ocorrem durante o dia);
3) Ressecamento da boca  decorrente de jejum prolongado, desidratação, exposição ao ar condicionado, estresse,  uso de certos medicamentos, assim como  respirar pela boca e falar por muito tempo;
4) Presença de saburra lingual, isto é, de uma placa bacteriana esbranquiçada, amarelada ou amarronzada, que se forma no fundo da língua;
5) Consumo excessivo de álcool;
6) Infecções como amidalites, sinusites, etc.

Diagnóstico e Tratamento

A halitose não é uma doença, mas um sintoma de que algo não vai bem no organismo. Por isso, é fundamental determinar a causa do odor desagradável na boca, para introduzir o tratamento que, ás vezes, pode exigir a participação de especialistas em diferentes áreas.

Recomendações

* Beba bastante água, pelo menos dois litros por dia, para manter a boca sempre umedecida;
* Evite permanecer muitas horas sem alimentar-se; o jejum prolongado favorece o aparecimento da halitose;
* Capriche na higiene bucal. Quando escovar os dentes, use também o fio dental e passe a escova com delicadeza especialmente na região posterior da língua;
* Certifique-se de que os níveis de glicemia estão dentro da normalidade e que o funcionamento do estômago, rins e intestinos não apresentam nenhuma alteração;
* Utilize, de vez em quando, goma de mascar ou balas sem açúcar, que ajudam a aumentar a salivação.

Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo (a) ao Para Meninas & Mulheres!

Deixe seu recadinho e ficarei muito feliz em responde-lo!

Obrigada pela visita! Beijos!